quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Um testemunho de uma terapeuta ocupacional

Após a sugestão de um visitante deste blog,achei interessante pedir a uma terapeuta ocupacional (que também é uma grande amiga) que me (d)escrevesse como foi o seu 1º contacto com a Terapia Ocupacional e o que significa hoje para ela ser terapeuta ocupacional. Aqui fica desde já o meu agradecimento para ela, por ter disponibilizado um bocado do seu tempo para escrever estas palavras para partilhar com quem nos visita.
Passo então a transcrever o testemunho:

"Foi em 2003 que tive o primeiro contacto com a Terapia Ocupacional, quando iniciei o curso na Escola Superior de Saúde do Alcoitão. Até aqui também me era um curso desconhecido, uma profissão que nunca ouvira falar. Mas, durante o primeiro ano académico consegui perceber a importância dos terapeutas ocupacionais na vida das pessoas. A cada dia que passava, ficava mais apaixonada por esta profissão, e sempre pensei que era realmente o que queria fazer da vida, era o curso que eu queria, mas sem ter conhecimento, anteriormente, da existência do mesmo.
Quatro anos se passaram, explicando a conhecidos e amigos o que era a Terapia Ocupacional, que todos perguntavam “Mas o que é isso?”. Cabe a cada um de nós, terapeutas ocupacionais, fazer a diferença, mostrar a diferença… não somos Fisioterapeutas, não somos Ajudantes de lar nem Animadores culturais… SOMOS TERAPEUTAS OCUPACIONAIS… capacitamos as pessoas para as ocupações que lhe são significativas, adaptamos actividades, damos a autonomia e qualidade de vida… actuamos em qualquer idade ou patologia, porque usamos uma abordagem centrada no cliente e reabilitamos para a OCUPAÇÃO…"

Joana Pinto, Terapeuta Ocupacional

Agradeço também a quem tem possibilitado o crescimento deste blog e a quem tem passado o link a todos quantos conhece. Em 5 dias chegámos às 200 visitas!! Peço-vos que COMENTEM SEMPRE cada mensagem colocada aqui no blog para que este continue a ser um espaço cada vez mais apelativo e interessante para todos que por aqui passam.

Ocupacionalmente!

3 comentários:

Cléo disse...

Obrigada por teres passado pelo meu blog!Tenho uma TO na minha equipa de trabalho, e confesso que foi deste contacto mais directo que fiquei a conhecer o verdadeiro trabalho de um/a TO. Sabes que a terapia assistida pelo animal também é uma novidade que precisa de esclarecimentos, dai também ter criado o meu blog para divulgar os projectos realizados e a realizar. Se não te importares vou colocar o link do teu blog no meu, ok?
Boa Sorte. E aparece!

Maria disse...

Eu desconhecia totalmente o que era a terapia ocupacional mas depois de visitar este blog percebi o que é e como é importante o trabalho de um terapêuta ocupacional. Acho que é um trabalho lindo e deve ser tão bom a sensação de conseguir proporcionar uma melhor qualidade de vida a alguém.
Gostei muito do testemunho da terapêuta ocupacional, nota-se que está apaixonada pelo que faz.

Parabéns pelo teu blog. Gostei muito mesmo.Aprendi muito durante esta visita.

Fátima disse...

Esse testemunho deixou-me ainda mais alegre por estar a tirar este curso fascinante. Acho que o que aconteceu com essa terapeuta, acontece também muitas vezes com os alunos que entram em TO como segunda opção. É um curso tão lindo, que qualquer um se apaixona. Basta que conheçam o pouco mais a seu respeito =)
Força no Blog.